PROPÓSITO

121

O que dizer de um ser humano que pode chegar ao topo do Everest, mas fica reclamando das subidas existentes nas ruas mais elevadas?

 “Um homem sem propósito é como um navio sem leme.” (Thomas Carlyle).

 Não tente fazer com que as pessoas entendam o “por que” de suas decisões, engaje-se inteiramente no seu propósito, e se ele lhe traz paz, siga-o (claro sem precisar passar por cima de ninguém).

 A vida é repleta de decisões a serem tomadas: Torne suas decisões conscientes, para tudo, isso fundamentará e consolidará seus resultados. O lance de você evoluir 1% por dia depende muito disso.

 Imagine-se enviando um e-mail qualquer:

E-mail 1 – “Bom dia! Pessoal, temos que finalizar os serviços até sexta-feira, caso contrário nosso cliente ficará insatisfeito e perderemos a parceria”.

 E-mail 2 – “Bom dia! Pessoal, temos excelente oportunidade até sexta-feira, finalizando os serviços prolongamos nossa parceria com o cliente”.

 Praticamente o mesmo número de caracteres, o que muda? A dimensão da mensagem! Uma é negativa, tom de ameaça, já a outra positiva, porém com tom de desafio. E vem cá… Qual é a ligação disso com a palavra propósito? A forma com que você trabalha e direciona o seu dia, suas ações, sua capacidade de envolvimento no todo. O propósito se materializa no fim, porém ele se constrói todos os dias, desde as tarefas mais “simples”.

 Suas crenças não podem limitar suas ações, pelo contrário, uma vez declarado “Eu posso”, então vai e faz, você realmente pode! Nosso propósito depende de cada passo nosso. Temos um caminho a ser trilhado, na maioria das vezes repleto de desafios e sempre tem uma melhor decisão a ser tomada, e essa decisão nem sempre será óbvia, aí entra algo fundamental (independente de religião), a fé (certeza daquilo que não se vê). Seguir o propósito em alguns momentos pode ser como andar na contramão tendo a certeza de que aquilo é o certo, o futuro é quem responde! Uma questão de tempo, espera e paciência.

 As empresas hoje estão repletas de profissionais que não sabem sequer onde querem estar num período de 1 ano, algo de errado nisso? Depende! Será que isso prejudica nas ações diárias? Depende! A improdutividade tem relação com essa falta de visão do futuro? Depende!

 Questões a serem analisadas (entre várias outras).

 Direcionar-nos e contribuir com o direcionamento das pessoas, ganhos pessoais e contribuição com o ganho dos outros, alguém perde com isso? Pense!

 Vinícius Ferreira

 

Fonte da imagem: Google Imagens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s