AMADURECER E SEGUIR EM FRENTE

12212

Já percebeu que algumas coisas inevitavelmente acontecem, e então ficamos de “mãos atadas”, “sem poder fazer nada” por um determinado período? Crises econômicas, conflitos entre nações, tempestades naturais… etc.

Essa semana a Europa, uma onda de frio chegou e junto com ela uma diversidade de problemas…

“A Europa segue nesta quarta-feira (28) sob efeito da forte onda de frio polar que já matou 24 pessoas e cobriu de neve até algumas praias do Mediterrâneo, nas ilhas de Córsega e em Capri. Com temperaturas glaciais, de -29º C na Estônia e -24ºC em algumas regiões da Alemanha, vários países enfrentam problemas com os transportes terrestre e aéreo e já lançaram advertências sobre a população mais vulnerável, como idosos e moradores de rua.” ( g1.globo.com).

  • Problema com transporte público;
  • Problema com suprimentos;
  • População pobre, moradores de rua (sim na Europa também existe isso);
  • Aeroportos parados;
  • Grandes eventos desmarcados…

Entre diversos outros problemas, a questão é: O quão estamos preparados para enfrentarmos os grandes problemas? Ou os nossos dias sempre serão rodeados de boas notícias e bons acontecimentos?

Vamos selecionar uma situação problemática… OS AEROPORTOS! Quantos voos desmarcados? Quantas pessoas presas em conexões? Qual o preparo das companhias aéreas quanto a isso? Redirecionamento dos clientes para hotéis, reprogramação dos voos, reembolsos? Quantas pessoas neste momento tem dias contados de férias e aguardam um retorno que não depende unicamente da competência das companhias, mas também de forças maiores, como o da NATUREZA?

Uma outra questão: Quantos de nós estamos preparados para passar por situações adversas, de modo que, consigamos evoluir? Exemplo: Perdi meu emprego hoje… “crise de mer#$, meu chefe não tem competência, a empresa está na direção errada”, que benefício próprio estará conquistando com isso?

Problemas novos são a chave para encontrarmos novas respostas! Ok… O que posso fazer da próxima vez? Como posso agir de modo diferente e mais eficaz? O que foi determinante para que as coisas não dessem certo?

A ideia é… Problemas naturais testam sistemas, não para que eles se tornem perfeitos, mas sim para que eles se tornem melhores…

Problemas rotineiros testam pessoas, não para que elas se tornem perfeitas, mas para que elas se tornem mais preparadas para encarar as adversidades…

Qual foi o último problema que enfrentou nos últimos dias, semanas, meses? Como se comportou? Faria o mesmo? Em que aspecto melhoraria?

Pessoas, empresas, sistemas, nações… o que muda são as dimensões e a complexidade, o que não muda é que a melhor atuação SEMPRE se encaixa em todos os casos… Antes de reclamar de um problema, questione o Porquê dele? E o quão pode sair melhor dessa…

Vinícius Ferreira

 

Fonte da imagem: Google Imagens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s